Armazenamento

ARMAZENAMENTO DE PRODUTOS QUÍMICOS – SEU CHECKLIST COMPLETO

O armazenamento de produtos químicos requer extrema atenção e cuidado, além de manutenção rotineira nas áreas do depósito. 

Todo esse processo é fundamental para minimizar os perigos inerentes aos produtos químicos, bem como evitar danos aos materiais armazenados e, é claro, assegurar a saúde daqueles que trabalham nesses locais. 

Quer saber mais sobre a importância das boas práticas de armazenagem de produtos químicos? Veja abaixo. 

Boas práticas para o armazenamento de produtos químicos

Os produtos químicos fazem parte do dia a dia de diversas etapas das indústrias. São utilizados, por exemplo, para a fabricação de diferentes produtos e até mesmo na hora da limpeza e higienização dos grandes equipamentos e máquinas. Sendo assim, é fundamental armazená-los corretamente. 

Ao armazenar os produtos em um almoxarifado, é imprescindível atentar-se para os seguintes aspectos:

  • Observar o sistema de ventilação e verificar se a sinalização está correta;
  • Manter disponível no local os equipamentos de proteção individual e os equipamentos de proteção coletiva;
  • Separar a área administrativa da área técnica e da armazenagem;
  • Reservar locais separados de acordo com a compatibilidade entre os produtos químicos. Por exemplo, armazenar ácidos próximos a bases; 
  • Não guardar produtos químicos com propriedades químicas distintas, como oxidante, corrosivo, solvente, pirofosfóricos e reativo;
  • Considerar os produtos químicos desconhecidos como os de riscos elevados;

 

Vale destacar ainda que é fundamental que as áreas ou os armários utilizados para o armazenamento sejam rotulados de acordo com a classe do produto que contém, assim como separar todos os reagentes compatíveis quimicamente e garantir que os incompatíveis fiquem o mais distante possível. 

Todas as áreas de armazenagem têm de ser inspecionadas pelo menos uma vez por ano, e qualquer produto químico indesejado ou que esteja vencido precisa ser removido e descartado corretamente conforme a indicação do fabricante. 

O local necessita também de algumas características específicas. Dentre as principais, destacamos: 

  • Possuir uma saída de emergência bem localizada; 
  • Dispor de extintores de incêndio com borrifadores;
  • Colocar vasos de areia; 
  • Ter janelas na parede voltadas para o ambiente externo;
  • Manter desobstruída uma porta especial de acesso para o Corpo de Bombeiros, para o caso de alguma intercorrência; 

Além disso, é imprescindível manter algumas medidas de segurança, como preparar um documento informativo sobre o processo de uso, de manipulação e de disposição dos produtos, sem mencionar a realização de treinamentos e a capacitação dos profissionais que trabalham com eles.

Há algumas normas que regulamentam os procedimentos de armazenamento dos produtos químicos. São elas:

  • NBR 7500:2002 – Identificação para o transporte terrestre, manuseio, movimentação e armazenamento de produtos;
  • Norma Regulamentadora Nº 06 – Equipamentos de Proteção Individual da Portaria 3214/78 do TEM;
  • Norma Regulamentadora Nº 07 – Programa de Controle Médico e Saúde Ocupacional da Portaria 3214/78 do MTE;
  • Norma Regulamentadora Nº 09 – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais da Portaria 3214/78 do MTE;
  • Norma Regulamentadora Nº 15 (NR-15) – Atividades e Operações Insalubres da Portaria 3214/78 do MTE;
  • Norma Regulamentadora N° 25 (NR-25) – Resíduos Industriais da Portaria 3214/78 do MTE;
  • Norma Regulamentadora Nº 26 (NR- 26) – Sinalização de Segurança da Portaria 3214/78 do MTE;

 

Quer saber mais sobre produtos químicos? Acesse o nosso blog.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *