Meio Ambiente, Segurança do Trabalho

COMO EVITAR MULTAS NA INDÚSTRIA QUÍMICA POR QUESTÕES DE SEGURANÇA E SAÚDE

O armazenamento e manuseio de produtos químicos devem ser feitos da maneira correta, pois os riscos de acidentes e contaminação das pessoas e meio ambiente é alto, além de ser crime e gerar multas na indústria química. 

As substâncias inflamáveis, explosivas, corrosivas, tóxicas e cancerígenas, por exemplo, devem ser manuseadas, armazenadas e transportadas de forma que preserve a segurança das pessoas e ecossistemas envolvidos.

Os impactos que a exposição a produtos químicos perigosos pode causar são diversos. Quando ocorre exposição direta e indireta, inalação ou ingestão de agentes químicos perigosos as consequências são graves. 

A exposição indevida pode gerar perda de sentidos, queimaduras, dores, doenças respiratórias e, quando se dá por um longo período, corre-se o risco de adquirir doenças como câncer, e até mesmo levar a óbito. 

Já o impacto no meio ambiente acontece normalmente quando há vazamento e derramamento, quando materiais são descartados incorretamente. Os agentes químicos podem causar poluição, destruição e contaminação das áreas.  

Possíveis penalidades 

A Legislação Ambiental Brasileira possui normas que, quando descumpridas, resultam em multas ambientais, algumas chegando a R$50 milhões de reais, a depender da infração e do órgão ambiental de cada estado. Outras formas de penalidade são: 

  • Detenção em regime carcerário;
  • Prestação de serviços à comunidade;
  • Indenização dos danos que tenha causado ao meio ambiente;
  • Interdição temporária de direitos;
  • Suspensão de atividades da empresa; 
  • Recuperação das áreas afetadas;
  • Impossibilidade de contratar com órgãos públicos.

O responsável pode responder também nas áreas cível, administrativa e penal ao mesmo tempo. Sim! Crime ambiental é abrangido pela esfera penal.

Evite multas na indústria química 

A prevenção é o primeiro passo para evitar acidentes e multas na indústria química, sendo  também a melhor forma de garantir a saúde e segurança dos trabalhadores, para tanto: 

  • Realize o PPRA (Programa de Prevenção de Riscos Ambientais) para reconhecer riscos;
  • Treine seus funcionários para saber como agir em situações de emergência;
  • Forneça EPI adequados, limpos e com a manutenção em dia;
  • Adquira equipamentos de contenção como bacias, diques e dispositivos internos;
  • Fique atento às embalagens para produtos químicos. Elas devem estar sinalizadas de acordo com cada produto;
  • Transporte o material com os equipamentos e veículos corretos para evitar derramamento ou contaminação;
  • Verifique os equipamentos de emergência e deixe o ambiente sinalizado; 
  • Armazene os produtos químicos em recipientes adequados, evitando que fiquem perto de outros produtos que gerem possíveis reações.  Certifique-se de que estejam em um ambiente ventilado e com pouca iluminação.

É fundamental tentar reduzir ou neutralizar riscos. Sendo assim, invista na prevenção, contratando uma empresa especializada.

Profissionais capacitados saberão como orientar tanto na prevenção, como no gerenciamento de uma emergência envolvendo produtos perigosos e poluentes. Você só tem a ganhar.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *