Meio Ambiente

COMO TER UM SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL EFICIENTE?

Qualquer atividade econômica gera impactos na natureza. Mas essa interferência pode ser
minimizada por meio de um sistema de gestão ambiental (SGA). Essa estruturação garante o
controle dos impactos dos produtos, serviços e atividades da empresa no meio ambiente.

Cada vez mais os consumidores procuram empresas ambientalmente responsáveis e que possuem
ações ativas de prevenção aos recursos naturais. Não levar em consideração dessa tendência pode
prejudicar os negócios e levar a uma queda do faturamento.

O sistema de gestão ambiental pode ser adotado em empresas de qualquer porte. Todas as
questões relacionadas aos recursos naturais são gerenciadas de forma integrada de modo a obter
o melhor resultado em relação à sustentabilidade.

Com as ferramentas disponibilizadas pelo sistema de gestão ambiental, a organização pode atuar
de forma preventiva, evitando acidentes ou impactos graves no meio ambiente, adotando medidas
que levem a:

• gestão consciente de resíduos sólidos;
• menor contaminação do solo e da água;
• preparação para consequências de mudanças e eventos climáticos;
• eficiência no uso de recursos e preservação de áreas naturais.

Quais são os passos de um sistema de gestão ambiental?

O sistema de gestão ambiental deve seguir alguns procedimentos padronizados para surtir o efeito
desejado e atingir o objetivo de reduzir o impacto ambiental. São 4 passos comuns para qualquer
entidade que pretende adotar o SGA:

  • elaborar um regramento jurídico que balize estrategicamente as ações ambientais da
    empresa e oriente na formulação dos procedimento práticos;
  • estabelecer o padrão para execução dos procedimentos na prática;
  • consolidar em um documento toda legislação ambiental que diz respeito ao ramo de
    atividade e porte da empresa;
  • fornecer treinamento aos colaboradores para executar da maneira correta todas as
    operações, visando seguir a política ambiental da empresa e padronizar as condutas;
  • realizar uma auditoria interna para revisar se o sistema de gestão ambiental cumpre os
    requisitos necessários antes de partir para obtenção da certificação.

Ao implementar o sistema de gestão ambiental, deve haver comprometimento de todos para a
real efetivação das medidas, desde direção da empresa até trabalhadores dos mais diversos
setores. É uma nova cultura organizacional que passa a ser seguida, baseada na sustentabilidade.

Regulamentação prevista na ISO 14001:2015

O sistema de gestão ambiental está regulamentado na norma ISO 14001:2015. Muitos contratos
dependem desta certificação para serem fechados. Portanto, depois de concluído o processo de
adoção do sistema de gestão ambiental é necessário contratar auditoria externa para obter a ISO.

Todos os requisitos da ISO 14001:2015 devem ser rigorosamente aplicados para se obter o selo. A
empresa pode contratar uma consultoria para implementar o sistema de gestão ambiental,
evitando ter de refazer o processo por eventuais falhas, o que gera mais custos e perda de tempo.

Ao conquistar essa adequação, também é possível ter acesso a financiamentos bancários e
programas governamentais voltados para a área da sustentabilidade. Empresas que investem no
sistema de gestão ambiental economizam recursos energéticos, resultando na redução de contas.

Ser reconhecida como uma empresa ambientalmente responsável abre portas inclusive no
mercado externo, onde a questão da sustentabilidade tem um peso muito forte. O diferencial de
possuir a ISO 14001:2015 compensa o investimento feito para a implementação do sistema de
gestão ambiental.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.