Armazenamento

CONHEÇA OS TIPOS DE GESTÃO LOGÍSTICA E OS CUIDADOS NECESSÁRIOS

A Logística é um campo de estudo e planejamento dedicado à otimização dos processos de transporte, movimentação e armazenamento de produtos e ela é divida em 4 tipos de gestão logística, a fim de melhor organizar e definir as ações tomadas em sua realização.

Os 4 tipos de gestão logística

A logística foi primeiramente empregada na esfera militar, afinal, para suprir as necessidades dos soldados no campo de batalha ou mesmo para transportar armas, explosivos e outros materiais perigosos para áreas remotas era e ainda é necessário grande planejamento. 

Hoje, a logística é utilizada em todo mundo e a depender da atuação das empresas, ela pode ser um verdadeiro desafio, tais como em ações que envolvem a movimentação de produtos perigosos, como químicos, frágeis, perecíveis ou de grandes proporções. 

Assim, os 4 tipos de gestão logística existentes são:

  1. Logística de suprimentos, a gestão logística mais elementar

Volta-se ao planejamento e gerenciamento dos materiais necessários para produzir produto ou mercadoria. Para além de garantir os suprimentos, ela é responsável por fazer pesquisas de preço, de fornecedores e controlar a qualidade dos suprimentos adquiridos. 

O armazenamento e controle do uso dos produtos pela empresa ou indústria também fica sob a responsabilidade dos gerentes da logística de suprimentos, que também devem planejar a forma correta de descartá-los depois de usados;

  1. Logística de produção, a gestão de curto, médio e longo prazo

Volta-se ao planejamento e gerenciamento para que os suprimentos cheguem à linha de produção, por isso, ela deve controlar seu armazenamento, estocagem e distribuição nos locais em que serão aplicadas, além de expedir os produtos finalizados. 

É ideal que essa modalidade de gestão logística também se comprometa com a análise de métricas a fim de prever e ajustar a aquisição de novos suprimentos, aproveitar melhor o espaço interno da empresa para seu armazenamento, além de avaliar a demanda do mercado;

  1. Logística reversa, a gestão sustentável

Muitos produtos devem ter sua movimentação bem planejada não apenas quando saem da empresa, mas também quando têm seu uso concluído pelos consumidores. Isso ocorre porque o descarte incorreto de algumas mercadorias pode acarretar sérios prejuízos ao ambiente.

Algumas ações conhecidas são a criação de postos de recolhimento desses materiais, dentre os mais recorrentes, pilhas, lâmpadas fluorescentes e remédios. Dessa forma evita-se seu descarte ou utilização incorretas. É a logística de braços dados com a ecologia;

  1. Logística de distribuição, a gestão do tempo e do lugar

Volta-se ao planejamento e gerenciamento dos suprimentos e produtos em estoque, para que eles cheguem corretamente tanto à linha de produção, quando ao mercado. O controle do estoque é essencial a fim de mensurar demandas, eliminar gastos e atender o mercado.

A logística de distribuição também deve desempenhar as funções de monitoramento da movimentação das cargas ao roteirizar as entregas, escolher o meio de transporte ideal, controlar os fretes, conferi-los e monitorá-los. 

Cuidados sempre necessários 

Para uma logística de sucesso é preciso prever riscos, assim, o armazenamento e movimentação de produtos perigosos, por exemplo, devem ser efetivados em consonância com as normas que determinam os tipos de embalagem e rótulos a serem usados.

Ademais, em casos de vazamento é essencial sempre ter um plano B, tais como as bacias de contenção, que impedem que os produtos vazados não derramem e causem acidentes ambientais de grandes proporções. 

Não por acaso, o sucesso das empresas depende muito diretamente de sua boa gestão logística, afinal, não basta produzir uma mercadoria, é preciso fazê-la chegar em segurança e boas condições às linhas de produção, às lojas e aos consumidores. 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *