Armazenamento, Setor Industrial

Cuidados no armazenamento de baterias para empilhadeiras

No meio logístico e de transportes, há quem diga que a bateria é o coração da empilhadeira. Por isso, é tão importante dedicar atenção à escolha de baterias para empilhadeiras elétricas, assim como conhecer os cuidados necessários para evitar riscos para a saúde e ao meio ambiente.

Com destaque entre as baterias automotivas e as estacionárias, as baterias para empilhadeiras mais recomendadas são as tracionárias, que se sobressaem principalmente por ter alta durabilidade, possibilitando maior intervalo de tempo entre as recargas.

As baterias para empilhadeiras estacionárias apresentam o chumbo e o ácido sulfúrico como princípio ativo, que funcionam como acumuladores elétricos. E é por meio do dispositivo eletroquímico que a energia elétrica é convertida em energia química para prover energia.

Existem, portanto, diversos tipos de baterias para empilhadeiras elétricas que correspondem às voltagens e capacidades dos variados modelos de equipamentos, tais como a empilhadeiras patoladas, empilhadeiras retráteis e empilhadeiras contrabalanceadas, por exemplo.

Esse tipo de bateria se destaca por ser compatível com padrões para aplicações leves e pesadas, além de aliar alto desempenho a um excelente custo-benefício. No entanto, requerem cuidados especiais ao serem manipuladas e armazenadas.

Cuidados gerais de manuseio em ambientes com baterias para empilhadeiras

Você sabe como cuidar das baterias para empilhadeiras? Sabia que além de necessitar de cuidados para ter maior durabilidade essas baterias podem apresentar riscos graves ao ambiente devido ao armazenamento? Confira alguns cuidados básicos:

  • Utilizar equipamentos de segurança apropriados: luvas de borracha, óculos de proteção, botas de borrachas, protetor auricular, máscaras, avental e sapatos adequados;
  • Nunca fazer uso ou sobrepor qualquer tipo de metal à bateria, acarretando graves riscos ao equipamento e, principalmente, ao operador;
  • Em locais de armazenagem de baterias para empilhadeiras há produção de gases. Sendo assim, é terminantemente proibido fumar ou utilizar equipamentos que produzam chamas próximo às baterias, podendo causar explosões;
  • A instalação de baterias deve obedecer a um espaçamento mínimo de 10 mm entre elas, a fim de garantir a dissipação de calor e prevenir danos ao acessório;
  • Caso a bateria ou seus componentes entrem em contato com a pele, o operador deve lavar a região afetada com água em abundância, uma vez que a solução de ácido sulfúrico é nociva à saúde;
  • Deve-se manter as partes externas da bateria e suas conexões limpas e secas. Caso a arca de ferro contenha furos para vazão de água, é suficiente lavar com jato de água.

Além disso, as rolhas têm de estar sempre bem apertadas nas tampas dos elementos, e seus orifícios precisam permanecer desobstruídos, possibilitando a fuga dos gases;

  • Em caso de queda ou derramamento da bateria, o fornecedor deve ser contatado imediatamente, assim como o responsável do setor para acionamento de emergência;

Conheça os 3 principais cuidados ao armazenar baterias para empilhadeiras tracionárias

Segundo legislação específica, é importante observar cuidados específicos durante o uso, transporte e armazenamento de baterias para empilhadeiras para que não ocorram vazamentos de chumbo ou ácido sulfúrico:

  • Local: as baterias estacionárias possuem composições químicas muito fortes e nocivas, motivo pelo qual devem ser cuidadosamente armazenadas em local adequado.

Recomenda-se que o armazenamento de baterias, assim como de seus carregadores, seja feito em sala coberta com pisos impermeabilizantes e em recipientes que evitem vazamentos, além de possuir talha elétrica para movimentação das baterias.

A iluminação também é um fator importante para a segurança do ambiente. Sendo assim, recomenda-se que sejam utilizados equipamentos com disjuntores à prova de explosão;

  • Temperatura: altas temperaturas afetam de forma significativa a durabilidade das baterias, deteriorando-as gradativamente.

O ideal é que a sala de armazenamento de baterias para empilhadeiras seja mantida a uma temperatura de 15°C, não devendo ultrapassar os 45°C. Tanto uma temperatura muito elevada quanto baixa acarretam danos às baterias;

Diante desses riscos, é ressaltada a importância de armazenar as baterias em solo impermeabilizado e utilizar bacias de contenção de acordo com o tamanho da área.

Além do suporte prestado pelas bacias de contenção, a impermeabilização do solo forma uma camada protetora, impedindo que o produto químico derramado seja absorvido e contamine o ambiente ou chegue ao lençol freático;

Utilização de bacias de contenção em ambientes com baterias para empilhadeiras

Produzidas em polietileno de alta durabilidade, com alta resistência química e mecânica, as bacias de contenção fabricadas pela Ambflex garantem, com grande versatilidade, o suporte adequado em situações emergenciais. Entre suas principais funcionalidades se destacam:

  • Descontaminação de áreas em atendimento de ocorrências emergências por conta de produtos químicos nocivos à saúde do homem e ao meio ambiente;
  • Contenção de vazamento de produtos químicos;
  • Prevenção em ambientes de armazenamento de produtos químicos;

Como alternativa, essas bacias podem ser fabricadas sob medidas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *