Armazenamento

03 Dicas de armazenagem segura de produtos químicos perigosos

O uso de produtos químicos perigosos é constante por parte da indústria, em especial a farmacêutica, de agrotóxicos, papel e celulose, produção de embalagens, indústria açucareira, dentre outras, todas as que aplicam estes componentes em seus processos laborais.

Apesar de perigosos, os produtos químicos são essenciais em diversas etapas, desde para fabricação em si de alimentos, até limpeza e higienização de equipamentos e máquinas. Por isso, é necessário armazená-los corretamente, a fim de evitar danos às pessoas e à natureza. 

3 dicas para uma armazenagem segura

A armazenagem de produtos químicos perigosos é tão importante e requer tanta atenção, que existem normas e protocolos voltados apenas a este processo, como a NR 20, que trata exatamente da gestão correta de alguns destes produtos, no caso, os inflamáveis. 

Neste artigo foram separadas três dicas valiosas para que a armazenagem de produtos químicos perigosos seja efetivada de maneira segura e sem riscos:

1. Local de armazenagem 

A escolha do local onde os produtos químicos perigosos serão armazenados é fundamental e, para tanto, é preciso conhecê-los em suas propriedades físicas e químicas. Por exemplo, materiais que entram em combustão em virtude de altas temperaturas, devem ser armazenados em espaços que haja controle dos níveis de calor e pressão. 

Dessa forma, apenas aplicar regras simples como “preferir locais ventilados” nem sempre é suficiente, pois mesmo o contato com o ar ou com determinadas substâncias pode fazer com que alguns produtos reajam, fatores estes que devem ser levados em conta.

2. Equipamentos para movimentação dos produtos

As embalagens usadas para armazenar os componentes também têm de ser escolhidas de acordo com suas propriedades, uma vez que há produtos químicos perigosos que reagem em contato com o plástico ou com o metal, por exemplo. Logo, não podem ser embalados neles. 

As bacias de contenção são usadas para garantir estocagem e movimentação seguros, pois caso haja algum vazamento, os produtos ficarão represados em seu interior e, assim, não haverá derramamentos perigosos e prejudiciais à saúde de pessoas, animais e plantas.

3. Sinalização

A sinalização é extremamente importante para evitar acidentes com os produtos químicos perigosos e para saber como resolvê-los, caso venham a ocorrer. Ela deve ser posta em local visível nas embalagens e demais invólucros de transporte. Também se recomenda sinalizar os locais em que os materiais estão armazenados. 

Por meio da sinalização adequada, as pessoas que têm contato com os produtos ficam cientes daquilo que estão manipulando e, em caso de acidentes, saberão como agir. Afinal, produtos inflamáveis são empregados de forma diferente dos corrosivos, tóxicos, radioativos etc.

Produtos químicos perigosos: todo cuidado é pouco

A movimentação e armazenagem de produtos químicos perigosos devem ser realizadas com todos os cuidados necessários: sinalização correta e uso de equipamentos que evitam seu derramamento, seja no estoque, seja no transporte, como as bacias de contenção

É importante pontuar a necessidade (e obrigatoriedade) do uso de equipamentos de proteção individual (EPIs) pelos profissionais que realizam essas operações e, por isso, manipulam direta ou indiretamente os componentes químicos, a fim de evitar exposições desnecessárias. 

Dessa forma é possível que a indústria dê continuidade às suas atividades de modo seguro, tanto para as pessoas, quanto para animais, plantas e para meio ambiente como um todo.

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *