Setor Industrial

ECONOMIA CIRCULAR – COMO ELA PODE IMPACTAR A INDÚSTRIA?

Nos grandes encontros entre países, na escolha dos investidores, nas ações e pactos firmados
entre as nações, a preocupação com o meio ambiente é sempre constante, por isso, conceitos
como a economia circular são cada vez mais debatidos e urgentes.

O que é economia circular
A economia circular é um modelo estratégico e econômico que visa coordenar os sistemas de
produção e também de consumo, a fim de formar um ciclo fechado. Trata-se de um modelo
que se contrapõe ao antigo modelo linear de produção e consumo:

1. O modelo linear pode ser descrito pelo processo de produção – distribuição de
produtos – uso – descarte. Ele é ultrapassado, pois além de gerar uma série de
resíduos sólidos e sem destinação correta, termina por movimentar poucos setores da
economia;

2. O modelo circular pode ser descrito pelo processo de produção – distribuição – uso –
descarte – coleta – reciclagem – remanufatura – produção – distribuição… Um ciclo
que se fecha em si mesmo e visa gerar poucos resíduos e destiná-los corretamente.

É importante pontuar que, com a economia circular, são gerados mais empregos e mais
profissionais são mobilizados, como os do design, da coleta e da reciclagem. Além disso, ela
ainda agrega mais valor ao produto e à indústria que o produziu.

Impactos na indústria
O maior valor agregado aos produtos e à própria imagem da empresa é, com certeza, um dos
impactos gerados pela economia circular na indústria, porém ele não é o único.

 A utilização inteligente de recursos naturais permite que sua indústria economize
dinheiro, pois, ao calcular corretamente o necessário para produzir, é possível evitar
perdas relacionadas à aquisição desnecessária de materiais e seu posterior descarte;

 A reutilização de recursos também é parte da economia circular e impacta
positivamente a indústria. A água é um dos bens naturais mais reutilizados no Brasil e,
após seu emprego na produção, ela pode ser destinada a outros fins, sem desperdício;

 Otimizar processos colabora ao poupar recursos energéticos, o que se traduz em uma
significativa redução de custos na produção. Optar por máquinas e equipamentos com
menor consumo de eletricidade e combustíveis também são ações acertadas;

 A utilização de insumos circulares, ou seja, que poderão ser reaproveitados depois de
usados traz muitos benefícios, uma vez que, depois de usados em etapas iniciais da
produção, eles poderão ser aplicados novamente em outras etapas.

Apesar de a economia circular ser um conceito ainda pouco divulgado, de acordo com
pesquisas realizadas pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), cerca de 76% das
indústrias desenvolvem ações relacionadas a ele, mesmo que não saibam diretamente disso.

A otimização de processos, por exemplo, é realizada por 56,5% das indústrias contabilizadas na
pesquisa, enquanto 37,1% utilizam insumos circulares e mais de 24% realizam a reutilização de
recursos. Outras ações, como logística reversa e reciclagem, são amplamente praticadas.

É interessante notar que o fato de muitas indústrias aplicarem ações vinculadas à economia
circular mesmo sem ter consciência é a prova de que ela traz benefícios financeiros e agregam
valor às empresas, para além das benesses ambientais, que são uma demanda mundial.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.