Meio Ambiente, Setor Industrial

Indústria 4.0, prepare-se para as inovações!

A indústria 4.0 já é uma realidade e, a cada dia, as atividades legislativas e a sociedade civil têm dado maior atenção a questões que perpassam os processos industriais, como a origem das matérias-primas e o posicionamento da indústria com relação a questões ambientais.

De acordo com a pesquisa Global Consumer Pulse, realizada pela Accenture Strategy, 79% dos brasileiros acreditam que as empresas devam se posicionar claramente no que tange às questões ambientais, políticas e culturais, o que também influencia sua decisão de compra.

Preservação ambiental e sustentabilidade

Industria 4.0 – O que é?

Se por um longo período da História as indústrias apenas se preocuparam em produzir e fornecer seus produtos, hoje, há uma forte demanda para que elas sejam transparentes sobre a forma como essa produção é realizada, o que envolve uma série de aspectos:

  • Ambientais: A origem da matéria-prima, dos materiais utilizados nas etapas de produção de mercadorias, o cuidado para não haver desperdício e perdas desnecessárias, ações para evitar vazamentos e derramamentos de substâncias perigosas;
  • Trabalhistas: A maneira como se dá a rotina laboral dos colaboradores, a concessão de benefícios e seguranças trabalhistas, o respeito à legislação, a condição de trabalho à qual os empregados estão submetidos, as medidas de proteção e segurança adotadas;
  • Logísticos: Como e por meio de qual modalidade é realizado o transporte de mercadorias, como se dá o descarte de resíduos industriais, logística reversa, ou seja, a destinação de produtos depois de usados, além da quantidade e escolha de embalagens, por exemplo.

É interessante observar que essas questões, antes adjacentes, tornaram-se centrais na indústria 4.0 e têm grande peso quando as indústrias desejam se posicionar no mercado, concretizar parcerias, obter financiamentos e crédito e, claro, vender mais.

Como se preparar para essa nova geração da indústria

Os empreendimentos que estão nascendo agora buscam, desde o início, alinhar-se às novas demandas impostas pela indústria 4.0. No entanto, isso não quer dizer que aquelas mais antigas devam ficar para trás, uma vez que é possível se adequar para produzir mais e melhor.

Algumas sugestões práticas para se tornar uma referência na indústria 4.0 e reformular as políticas industriais são:

  • Uso de bacias de contenção na hora de transportar produtos, redução do uso de embalagens, especialmente as plásticas, destinação correta de resíduos e formação de parcerias com fornecedores ambientalmente corretos;
  • Respeito à legislação trabalhista e maior clareza no que tange às políticas da indústria. É importante também fornecer segurança aos trabalhadores, equipamentos de proteção individual, quando necessários, e ter uma boa gestão de recursos humanos;
  • Contar com uma boa equipe de logística é essencial para traçar as melhores rotas de transporte, com o fim de poluir menos e ser mais eficiente, além de ter um plano claro de logística reversa e uso de produtos com menor impacto ambiental.

Outras ações como priorização do uso de energia limpa, parcerias com instituições sociais e culturais, sem mencionar investimentos para redução do desperdício, são altamente positivas para a natureza e a sociedade, já que ainda colaboram com a criação de uma boa imagem para a indústria.

Por fim, é preciso divulgar as ações realizadas para que elas cheguem até os olhos e ouvidos dos consumidores, mas mesmo a divulgação deve ser feita de maneira consciente, sem gasto de papel ou de recursos naturais, por exemplo. E a internet é um ótimo meio para isso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *