Meio Ambiente

POLUIÇÃO DO SOLO: CONHEÇA AS PRINCIPAIS CAUSAS

Na composição do solo, encontram-se materiais orgânicos e inorgânicos, além de água e ar, e a poluição do solo ocorre quando algum elemento químico é introduzido nesse ambiente, mesmo sob alguma ação do homem, causando alterações.

Esse problema pode ocorrer por diversos fatores e trazer sérias consequências para o meio ambiente, geralmente causado por resíduos industriais descartados de maneira incorreta, esgotos domésticos e derramamentos de produtos, por exemplo.

Afinal, quando uma empresa não descarta corretamente seus produtos químicos ou não transporta e nem manuseia da forma correta, é capaz de trazer prejuízos ambientais, afetando seres que dependem desses ambientes e até mesmo a própria saúde humana.

Sendo assim, preparamos este artigo para abordar o assunto, apresentando as principais causas da poluição de solos, mostrando suas consequências e trazendo algumas reflexões em relação à importância da preservação ambiental, da prevenção a acidentes e dos cuidados necessários para isso.

Causas e consequências da poluição do solo

Quando um agente químico entra em contato com o solo, pode provocar reações e desequilibrar o meio, além de torná-lo inapropriado para a vida e contaminar organismos, afetando outros seres, inclusive por meio da cadeia alimentar, chegando aos humanos.

Ademais, produtos químicos são passíveis de causar não só a poluição do solo, como alcançar os lençóis freáticos, afetando os recursos hídricos, o que também ocasiona a contaminação de seres que vivem em ambientes aquáticos e traz doenças a quem se utiliza dessa água contaminada.

Assim, separamos algumas das principais causas dessa poluição. São elas:

  • Despejo incorreto de resíduos sólidos;
  • O uso de fertilizantes e defensivos agrícolas prejudiciais ao meio ambiente;
  • Descarte indevido de metais pesados (como chumbo, mercúrio, cromo etc.), solventes ou pesticidas;
  • Destinação inadequada de material radioativo;
  • Vazamento ou derramamento de produtos perigosos pelo manuseio e o transporte sem observar a legislação vigente;

Isso mostra que, na maioria das vezes, é o trabalho realizado de maneira incorreta ou indevida por indústrias e empresas em geral que causam tais prejuízos ambientais, principalmente em relação ao derramamento de produtos.

Vale notar que quando esses materiais químicos não são armazenados, manuseados ou transportados da maneira adequada, acabam por vazar ou derramar e poluir o solo.

Por essa razão, desencadeiam algumas consequências: redução da fertilidade do solo, perda de nutrientes, desequilíbrio no ecossistema, redução da vegetação, oferta de alimentos contaminados e danos à saúde de animais e seres humanos.

A importância da prevenção contra a poluição do solo

Para evitar o problema da poluição do solo, algumas ações preventivas por parte de indústrias são de extrema importância, como o uso de equipamentos de contenção, assim como bacias e diques que, por sua vez, evitam vazamentos e derramamentos dos produtos poluentes.

Utilizando tais soluções, tanto o armazenamento quanto o manuseio e o transporte serão muito mais seguros, mantendo os produtos bem guardados, transformando-se em uma proteção também para as pessoas que trabalham com esses materiais.

Ademais, os trabalhos desenvolvidos  pelo Governo e órgãos ambientais são muito importantes, inclusive na fiscalização e aplicação de multas a quem descumprir as leis, com o fito de coibir tais práticas.

Outrossim, a promoção de atitudes mais ecológicas e sustentáveis nas empresas fará toda a diferença, desde palestras de conscientização a mudanças para tornar os ambientes industrial e empresarial mais sustentáveis, ou seja, multiplicar as chamadas indústrias verdes.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *