Meio Ambiente, Setor Industrial

QUAL O PAPEL DAS INDÚSTRIAS NA CONSERVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE

A industrialização e o extrativismo na natureza são associações que dificilmente serão rompidas, pois tudo de que precisamos, atualmente, vêm de recursos naturais – desde materiais para produção de utensílios domésticos até de aparelhos eletrônicos, como os celulares. Ainda assim, podemos pensar no papel das indústrias na redução de impactos negativos no meio ambiente.

Discutir sobre métodos alternativos de produção é diferente de acabar propriamente com a produção industrial. É observar melhor os impactos do modo extrativista atual para repensá-lo e encontrar uma alternativa que reduza seus danos na natureza e ainda envolve a população local.

Por isso, vamos discutir como o papel das indústrias é fundamental para a proteção do meio ambiente, e quais ações sustentáveis várias empresas no mundo estão seguindo para essa contribuição.

Papel das indústrias na preservação do meio ambiente

Um dos pontos importantes da preservação do meio ambiente é a proteção da própria espécie humana. Além disso, uma empresa se mostrar responsável em ações sustentáveis, termina por se destacar ainda mais no mercado, conquistando e fidelizando consumidores.

Algumas das soluções que estão sendo tomadas pelas empresas mundo afora são:

  • Substituição de materiais pesados na formulação dos produtos

Várias empresas estão retirando materiais pesados, a exemplo do chumbo, de seus produtos. Assim, além de impedir seu despejo na natureza, impede também que os funcionários sejam intoxicados durante a produção;

  • Inclusão do diálogo com a população local

O papel das indústrias na preservação do meio ambiente deve incluir, também, o diálogo com a população local, já que o trabalho da empresa terá impacto nesse cotidiano. 

Desse modo, ouvir o que as pessoas que moram no entorno da empresa é uma forma de medir suas ações– se há muita ou pouca geração de resíduos, expropriação de áreas verdes, resultando na ida de animais selvagens para a área urbana, e outras;

  • Uso de materiais e energias sustentáveis

Já é um debate mais que alinhado à necessidade de usar fontes renováveis. Assim, há empresas que fazem uso de embalagens biodegradáveis e orgânicas, fabricadas a partir de materiais que levam pouquíssimo tempo para se degradarem,  principalmente quando comparado ao plástico. 

Também já está crescendo o número de empresas que usam materiais de fontes alternativas na construção de suas sedes, com o uso de garrafas PETs recicladas, projetos de implementar energia solar no prédio, reutilização de água, substituição de concreto fabricado por concreto reciclado e telhas ecológicas, apenas para citar alguns exemplos;

  • Métodos de transporte seguro

Além do impacto negativo no meio ambiente, acidentes com vazamento de produtos químicos podem gerar altas multas às empresas responsáveis pelos materiais. Por isso, o papel das indústrias inclui, ainda, em modos seguros de transportar produtos químicos, especialmente os perigosos, com uso de diques de contenção para impedir vazamentos ou derramamentos.

Plano de ação sustentável

Para elaborar um plano de ação, a política ambiental da empresa tem de levar em conta:

  • Como o seu ramo de atividade explora a natureza;
  • Modo de destinar os resíduos gerados em toda a cadeia de produção;
  • Quais selos de responsabilidade ambiental e social a empresa tem, ou como pode obtê-los;
  • Implementação de tecnologias que colaboram com o controle e a gestão de resíduos;

A partir do plano de ação, geralmente efetuado em conjunto com uma assessoria ambiental, realizam-se estratégias para a empresa continuar sua produção, mas com medidas que colaborem com o papel das indústrias no tratamento adequado de resíduos, causando o menor impacto possível na natureza.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *