Segurança do Trabalho

TRANSPORTE DE MEDICAMENTOS: COMO SE ADEQUAR ÀS NORMAS?

Realizar o transporte de medicamentos é uma tarefa delicada e que exige o cumprimento das boas práticas sanitárias. É complexo transportar estes elementos que contêm químicos e substâncias tóxicas, principalmente em grande quantidade. 

É indispensável ter o apoio de profissionais que utilizam recursos que minimizam a possibilidade de danos, como vazamento, intoxicação humana e ambiental.

Bacias de Contenção: transporte seguro de medicamentos 

As bacias de contenção são fabricados de acordo com a variedade de processos logísticos à disposição, por exemplo: 
  • De pequeno porte: impedem vazamentos de produtos químicos que prejudicam a saúde humana e poluem o meio ambiente;

 

  • Para  pallets: evitam derramamento de produtos perigosos e poluentes, estruturadas para usar com pallets de madeira ou em PEAD;

 

  • Concebidas para geradores e transformadores: feitas para acoplar em equipamentos sem caixa de contenção. Ajudam a prevenir contaminação de corpos hídricos, solo e local da operação;

 

  • Fabricadas para IBC: a embalagem IBC é um tanque com capacidade de 1000 litros. A bacia de contenção fabricada para esta embalagem é resistente, quimicamente falando, é de fácil mobilidade operacional;

 

  • Próprias para contêiner: ideais para conter vazamentos e/ou derramamentos de químicos em logísticas de transporte e armazenamento marítimo;

Bons fabricantes de sistemas de contenção ambiental seguem normas e patentes requisitadas pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) e Sistema Internacional de Patentes (PCT). Tais certificações garantem que o produto seja de qualidade e ofereçam a devida segurança ambiental.

Normas para transportar medicamentos

Ainda não foi criada uma lei específica para regulamentar o transporte de medicamentos. Entretanto, há um manual completo com as boas práticas de distribuição, armazenamento e transporte desses elementos.

 A Agência Nacional de Vigilância Sanitária atualiza, em outubro de 2020, o grupo de procedimentos a serem seguidos no que diz respeito ao transporte, distribuição e armazenamento de medicamentos.

Medicamentos podem sofrer algumas variações, dependendo da luz do local onde ficam guardados e mesmo durante transporte. Do mesmo modo, temperatura e umidade também influenciam na qualidade do produto e, sobretudo, na sua eficiência. 

No caso do transporte de produtos químicos, além de observar todas essas especificidades, o cuidado deve ser feito por meio dos contentores de vazamentos e/ou derramamentos de substâncias nocivas ao meio ambiente e aos profissionais da operação.

Entre os danos causados às pessoas devido a vazamentos de elementos químicos, os principais são: irritação na pele, nos olhos e vias respiratórias. O comprometimento à saúde humana pode ser irreversível. 

No meio ambiente, os principais malefícios são: morte de animais (inclusive os marinhos), contaminação de alimentos, da água e do solo, degradação da camada de ozônio, aumento excessivo e desenfreado da temperatura do planeta. 

É cada vez mais evidente que a saúde do meio ambiente está sob forte ameaça das indústrias que não repensam seus modos de produção. Por esta razão, medidas que deveriam ser corriqueiras, tornam-se muito custosas e desafiadoras. 

Para saber mais sobre os nossos processos fabris, entre em contato conosco e entenda mais sobre a importância dos contentores de químicos e poluentes no combate à degradação do meio em que vivemos.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.